Pilates, pratique!

Pilates, pratique!


Você pratica atividade física?

Vivemos na correria do nosso dia a dia, sem perceber que o corpo grita por socorro por alongamentos e uma pratica de atividade física. Diversas pessoas passam por problemas de manter um hábito saudável de vida e acabam ficando debilitadas em alguns afazeres. Quem não pratica nada normalmente passa pela sensação de cansaço com mais facilidade do que outras pessoas, aos poucos o corpo vai se cansando e deixando de ter a mesma elasticidade que tinha há alguns anos atrás quando você ainda era jovem e cheio de energias para “desperdiçar”, mas como tudo passa as suas energias também passam e pode ser necessário ter que começar a renovar para se manter bem e evitar os problemas com doenças que podem até levar a morte com facilidade já que seu corpo estará vulnerável.

womantired

 E qualquer atividade física que mantém ou aumenta a aptidão física em geral e tem objetivo de alcançar a saúde e também a recreação. A razão da pratica de exercícios físicos inclui: o reforço da musculatura e também do sistema cardiovascular; a perda de peso ou manutenção de alguma parte do corpo; Para muitos médicos e especialistas, exercícios físicos realizados de forma regular ou frequente estimulam o sistema imunológico, ajudam a prevenir doenças (como cardiopatia, doenças cardiovasculares, diabetes tipo dois, etc…). Moderam o colesterol, ajudam a prevenir obesidade, dentre outras coisas. Além disso melhoram a saúde mental e ajudam a prevenir a depressão.

Todo exercício físico deve ser realizado sob a orientação de um profissional da área ou centro esportivo qualificado, pois a prática de esportes somente nos permite atingir os objetivos esperados quando é devidamente orientada. As consequências do sedentarismo para a saúde do homem são nesta fase bem conhecida das: maior risco de arteriosclerose; aumento da obesidade; aparição de problemas como: hipertensão arterial, diabetes, osteoporose, doença pulmonar obstrutiva crônica, asma, depressão, ansiedade além de aumento de risco de alguns tipos de câncer.

Portanto, COMECE HOJE A SE EXERCITAR!

  É hoje vou falar um pouco sobre uma atividade que particularmente IMG-20140918-WA0004adoro Pilates. Todos buscamos maneiras eficazes de melhorarmos nossa saúde e nossos corpos, trazendo mais energia e disposição para nossas vidas. A cada semana aparecem nos meios de comunicação fórmulas milagrosas e fáceis de seguir sobre novas dietas e métodos de exercícios, que prometem definitivamente restaurar nosso equilíbrio físico e mental. Infelizmente a conquista de uma vida equilibrada e saudável não é assim tão fácil, quanto gostaríamos ilusoriamente de acreditar.

E acredite o Pilates pode ajudar você em tudo isso!

História do Pilates

Como não foi fácil também o caminho brilhante de um jovem alemão que, no início do século XX, conquistou finalmente a saúde e a vitalidade, mantendo-a por toda sua vida, a despeito de sua infância cercada de limitações e doenças. Inconformado com sua condição, Joseph Pilates estudou e realizou ao longo de sua infância e juventude pesquisas e estudos sobre o movimento humano e treinamentos físicos dos mais variados esportes. Todo esse conhecimento resultou na elaboração de um método de exercícios que tem como base o desenvolvimento da mente e do corpo simultaneamente.

Benefícios do pilates;

Motivos para escolher o Pilates não faltam: a atividade melhora o desempenho em corridas, combate dores e auxilia na prevenção de fraturas osteoporóticas. O método tem como princípios a respiração completa, o acionamento do centro de força (músculos abdominais), a precisão, o controle, a fluidez e a concentração. Todo o método está baseado em seis princípios que pretendem devolver ao homem uma movimentação mais espontânea e consciente: o centro de força (powerhouse), a concentração, o controle, a fluidez de movimento, a precisão e a respiração.

1 )O Centro de Força é o foco principal do método Pilates. Ele compreende a região abdominal, formando um cinturão que contempla toda a parte anterior e posterior do tronco, entre a região inferior das costelas e a pelve, dos músculos mais profundos aos mais superficiais. Sua principal finalidade é condicionar a musculatura abdominal, diminuindo a sobrecarga lombar. Todo movimento, por menor que seja, deve ser iniciado somente após a completa ativação do Centro de Força.

2) A concentração permite que se volte a atenção para o corpo todo enquanto se executa movimentos simples ou complexos. Exercitar-se com concentração e controle sobre todas as partes do corpo (e não somente sobre os músculos responsáveis pelo movimento principal) propicia a execução de movimentos corretos e seguros. Consequentemente, reduz-se a incidência de lesões.

IMG-20140918-WA0005

3) O Controle é o domínio sobre os movimentos dos vários segmentos do corpo. Devem ser controlados todos os aspectos de cada posição durante os movimentos, de maneira a atingir a execução mais próxima da ideal.

4) A Fluidez é a maneira de executar dos movimentos de modo ritmado, coordenado, harmonioso e com uma dinâmica específica, sem movimentos bruscos, em uma sequência sem interrupções entre o exercício anterior e o seguinte. Desta forma, os movimentos são executados com segurança e qualidade, sem sobrecarregar grupos musculares ou articulares.

IMG-20140918-WA00025) Todos os movimentos e as sequências do método Pilates têm uma maneira muito especifica de serem executados. Essa Precisão, aliada ao controle, permite uma exatidão de movimentos sem gastos desnecessários de energia ou movimentos acessórios, mantendo a naturalidade e a espontaneidade.

6) “Mesmo que você não siga as outras instruções, aprenda a respirar corretamente”, dizia Joseph H. Pilates. O controle respiratório é um ponto de grande importância na prática do método Pilates, pois todos os exercícios são acompanhados por uma inspiração e expiração completas, coordenadas com o movimento, determinando o ritmo e o tempo de duração de cada exercício. É a partir da contração profunda dos músculos abdominais, durante a expiração, que acontece o correto acionamento do centro de força. A respiração completa aumenta a capacidade respiratória, promove maior oxigenação do sangue, relaxa tensões e promove a integração entre o controle mental e os movimentos do corpo.

Fica á dica:

O método Pilates não é um protocolo de exercícios a serem executados em uma determinada ordem e de forma definida. Para atingir todos os seus benefícios é indispensável a orientação de um instrutor de Pilates certificado, estar disposto a resgatar a consciência e o controle sobre si mesmo, buscando a tão desejada integração e o equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

Instrutora de Pilates e Fisioterapeuta Danielle Dantas.

danidantas