Qual a sua descendência??? Pelo formato dos pés dá para saber.

Qual a sua descendência??? Pelo formato dos pés dá para saber.


Eu tenho a descendência Grega, herença genética!

Desde menina sempre escondi o meu pé, porque  era motivo de chacota por colegas da escola e  família por ter o dedo grego. Apelido como bozo, chulapá e outros era o que eu recebia na adolescência, fase tão complexa de toda garota!

Pra quem não sabe o pé grego é aquele em que o 2º dedo é o mais comprido que o 1º e os restantes vão diminuindo em relação a ele. Lembro que há quem diga que quem tem o segundo dedo do pé grande é mais inteligente; ou que há relação entre o dedão e a sexualidade; ou mesmo que mulher com o segundo dedo maior que o dedão manda no marido…. “Verdade ou não, estes são temas não incluídos na esfera de atuação dos profissionais de medicina.”

A partir dai comecei a não usar calçado que mostrem os dedos, porque tenho a impressão que todos olham pra ele. E infelizmente não é todo tipo de calçado que se adapta a esse dedo.

Por exemplo, meu pé e fino e calço 37, porem o dedo maior de todos sempre incomoda nos sapatos fechados e vai para o numero 38 que relativamente não posso nem corre por que  o calçado sai do pé rsrs! Ai vem àquela famosa frase de vendedora:

_Há pode ficar tranquila, por que o 7 e cede!

Acredite ele não  irá ceder!

Eu melhor que ninguém sei como apertar esse dedo dói e incomoda, sem contar no calo que adquiri encima dele para ajudar e deixa-lo mais charmoso,  por aperta em calçados  que relativamente é o meu número mas não me servem, aff…

As estatísticas calculam que o pé mais comum seja o grego (60%), seguido do egípcio (1/3 da população) e finalmente do quadrado (com apenas 10%). Outro ponto a considerar é a largura do pé, quaisquer dos formatos acima poderão ser encontrados com largura estreita ou larga.

Tenha em atenção aos cuidados nos seus pés e especialmente ao calçado, mas afinal o facto de ter ou não os pés alinhados não afetam a sua beleza, mas acentuam a sua individualidade e beleza única!

Eu tive que me adaptar ao meu pé  a dica que dou é, sinta-se uma Cleópatra, uma Atena ou até mesmo uma Cinderela, o seu pé relativamente identifica quem você é!

Saúde dos pés:

Os sapatos devem ser macios na parte inferior e na parte de cima também para dar conforto aos pés. Todo sapato para ser confortável precisa de três características importante:

  • A sola do sapato deve ser mais rígida;
  • O contraforte (região onde o tornozelo fica apoiado) deve ser bem firme para que o tornozelo e toda a parte de trás do pé fiquem estáveis.
  • A parte da frente do sapato onde fica os dedos deve ter espaço suficiente para acomodar todos os dedos sem apertá-los.
Aqui vai algumas dicas pra quem trabalha muito em pé, muito sentado ou quem anda bastante:
  • Quem trabalha muito tempo em pé: neste caso, os sapatos devem ser muito macios e um pouco mais folgados nos pés. O salto não deve ultrapassar os 5cm e devem ser mais largos (grossos) e leves. Sapatos de salto fino ou alto, não devem ser usados, pois causarão dores. Os sapatos muito fechados são desapropriados também, pois, podem causar machucados nos pés.
  • Quem trabalha sentada: quem trabalha a maior parte do tempo sentado tem mais opções na hora de escolher o sapato, já que os pés não sofrem muita pressão com os que trabalham em pé. De qualquer maneira, não use sapatos totalmente fechados, pois, podem causar a proliferação de bactérias e os pés também precisam transpirar. Usar o mesmo sapato mais que dois dias, também não é aconselhável.
  • Quem anda bastante: assim como os que trabalham em pé, os que andam pra lá e pra cá devem ainda mais, calçar sapatos baixos e que facilitem a transpiração, como os de couro natural e forrados. As palmilhas devem ser extremamente confortáveis.

descendencia