Benefícios da atividade física na gravidez

Benefícios da atividade física na gravidez


Por Danielle Dantas

Como esse é o mês das mães, os poste de saúde e bem estar vão ser relacionados a atividades  físicas e as mamães. Vamos começar falando claro da gestação e dos  benefícios da atividade ficas para a mulher e o bebê.

Praticar exercícios físicos na gravidez traz uma série de benefícios para a mãe e para o bebê. A gestante adquire força e resistência e os incômodos do período, como dores nas costas, inchaço e prisão de ventre são amenizados. É importante ressaltar que nem todas as atividades são permitidas e o acompanhamento médico é indispensável.

O que é proibido na gravidez?

“O objetivo é melhorar a qualidade de vida das grávidas com atividade física agradável e segura, que respeita a individualidade e o processo gestacional. Isso é muito importante em um período de alterações metabólicas e hormonais, que modificam a resposta aos exercícios”.

Contraindicações

Os exercícios para gestantes não são indicados nos seguintes casos:

  • Risco de parto pré-maturo
  • Pressão alta
  • Sangramento persistente entre o segundo e terceiro trimestre
  • Placenta prévia
  • Pré-eclâmpsia

Exercícios para grávidas

Uma gestante saudável, e que já era adepta da musculação, pode continuar o treino, mas respeitando os novos limites do corpo. “É recomendável diminuir a carga e aumentar as repetições para evitar risco de lesões e aumento desnecessário da frequência cardíaca. Outra dica importante é trabalhar sempre respiração e movimento”.

Na gravidez, ocorre um aumento da frequência cardíaca. Por isso, é importante ficar de olhos nos batimentos, que não devem ficar, no máximo, entre 140 e 150 por minuto. A regularidade da atividade é importante para a obtenção dos benefícios e devem ser de três a cinco vezes por semana.

A hidroginástica é o pilates  são mais  indicada para as gestantes.  A água diminui o impacto, alivia o peso corporal e auxilia na circulação linfática. E o pilates trabalha os alongamentos, ganho de amplitude de movimento, respiração e evita as dores, podendo preparar a mulher para um parto humanizado.

Benefícios

  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Redução o inchaço;
  • Fortalecimento da musculatura abdominal;
  • Melhora a postura;
  • Contribui para o funcionamento do intestino;
  • Diminuição das dores lombares;
  • Controle do peso;
  • Prepara o corpo para o crescimento do bebê;
  • Facilita a recuperação pós-parto.